sexta-feira, 17 de junho de 2011

Qual a civilização que queremos?


Para quem ainda acha que essa estória de sustentabilidade é modismo que vai passar, recomendo um texto do André Trigueiro. Jornalista reconhecido por sua visão ambiental, o texto reforça a idéia de que estamos no tempo de mudar a mentalidade do ser humano, de diminuir o desperdício, de mudar de paradigma para preservar não só as nossas vidas como o nosso planeta.
Como ele diz:

“Não basta seguir à risca a legislação ambiental para ser sustentável.
Ser eco-eficiente nos meios de produção atenua impactos, mas não resolve a questão.
A obtenção de selos e certificações confirma o compromisso de fazer o melhor possível, mas fazer o melhor possível nem sempre é o suficiente.

É dura a constatação de que a sustentabilidade – entendida como conceito central de um modelo econômico, político, social, cultural e ambiental equilibrado, que satisfaça as necessidades das gerações atuais, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer suas próprias necessidades – ainda é uma utopia.
...


Qual a civilização que queremos?

A que reforça as expectativas de que, para sermos felizes precisamos consumir, um dia, o que um americano médio possui (mesmo sabendo de antemão que não há planeta suficiente para isso)?

Ou podemos almejar outro modelo civilizatório, onde todos tenham direito a uma vida digna e plena, com a satisfação de suas necessidades básicas – alimentação, saúde, moradia, educação, lazer, etc – e a chance de cada um poder desenvolver suas potencialidades?

Nessa civilização, os meios de produção seriam capazes de satisfazer necessidades demarcadas por uma realidade inexorável: ou a economia se ajusta aos limites do planeta, ou não haverá planeta para suportar a economia.”
...

É tempo de uma “nova dimensão ética que já é realidade onde exista a compreensão de que aquilo que não for bom para todos, não será bom para ninguém”.

André Trigueiro


Leia o texto na íntegra no site

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber sua opinião a respeito.
Seu comentário será muito apreciado.

2leep.com