terça-feira, 17 de maio de 2011

O papel do arquiteto

Já falamos aqui sobre o papel do arquiteto na produção de uma arquitetura sustentável. Para isso o planejamento é ferramenta essencial.

O aparecimento de uma grande quantidade de novos materiais, ferramentas, equipamentos, técnicas especiais, processos construtivos e administrativos da construção civil, abrem caminho ao projetista para lançar mão da inovação a fim de encontrar os meios de melhorar os custos, diminuir as perdas e ao mesmo tempo proporcionar a melhoria da qualidade.

Buscar uma indústria da construção mais sustentável é fornecer mais valor, poluir menos, ajudar no uso sustentado de recursos, responder mais efetivamente às partes interessadas e melhorar a qualidade de vida presente sem comprometer o futuro.

Esse processo começa no próprio projeto que deve considerar:
· Implantação adequada analisando os condicionantes ambientais;
· Implantação da edificação com vistas ao uso adequado do solo e à preservação do ecosistema natural;
· Direcionamento das fachadas e aberturas levando em conta a ventilação e insolação;
· Prover condições para reaproveitamento das águas;
· Utilizar soluções para eficiência energética;
· Especificar materiais ambientalmente amigáveis.

E prossegue durante toda a fase da obra quando deve:
· Planejar a obra de modo a economia de água e energia;
· Privilegiar a utilização de técnicas construtivas capazes de minimizar o volume de resíduos e a redução da perda de materiais;
· Priorizar materiais regionais;
· Considerar a gestão dos resíduos de obras.

Imagem: Infoescola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber sua opinião a respeito.
Seu comentário será muito apreciado.

2leep.com