sexta-feira, 22 de julho de 2011

Autossuficiência Energética

O complexo de escritórios Rochaverá, localizado na Marginal Pinheiro, bairro do Morumbi, em São Paulo, é referência por ser o primeiro da América do Sul em receber certificação LEED Gold na categoria. Conseguiu a autossuficiência energética com sistema próprio de cogeração de energia elétrica que permite o atendimento de 100% da demanda interna, alimentando sistemas de climatização e energia de forma ininterrupta.

Idênticas, as torres A e B do Rochaverá são famosas pelas fachadas inclinadas.
Medem 17 andares cada uma
Esse sistema permite a produção de energia elétrica e térmica simultaneamente a partir do gás natural, funcionando diariamente, inclusive nos horários de pico, momento em que o consumo de energia chega a até seis vezes mais.

O complexo Rochaverá, que possui mais de 25 mil m² de área construída, absorveu um investimento inicial para esse sistema próximo a R$ 30 milhões. Foi concebido para atender às quatro torres do complexo, sendo três delas já em funcionamento e a última a ser entregue no final de dezembro. Utiliza quatro geradores, quatro chillers de 540 TR's (toneladas de refrigeração) para demanda de fornecimento de 8 megawatts de potência necessários para atender mais de 12,5 mil usuários residentes e flutuantes.

O consumo diário das três edificações é de cerca de 10 mil m² de energia elétrica, sendo que este número cai para 600 m² com o uso da central. "Além do retorno econômico, o abastecimento de cogeração de energia a gás proporciona confiabilidade uma vez que, nesses horários, parte das concessionárias de energia elétrica está com o sistema de distribuição congestionado", avalia Nelson Lima, da Ecogen, empresa que administra o sistema no complexo.

Esse sistema de cogeração de energia, também pode chegar aos empreendimentos menores onde uma alternativa aos altos custos é a parceria com a concessionária de gás, que tem interesse em difundir o sistema e ajudar a implantação de projetos. Pelo processo de cogeração, o usuário pode tornar-se seu próprio gerador de energia e alternar o uso com a concessionária elétrica.

A qualidade e a oferta do fornecimento de energia para prédios comerciais, hospitais, hotéis e shoppings centers a partir do gás natural têm tido aumento de demanda principalmente em mercados que precisam de vapor ou resfriamento, além de estabelecimentos que possuem grandes unidades centrais de condicionamento de ar e aquecimento de água.



O sistema de cogeração é responsável por atender toda a capacidade do complexo em refrigeração e climatização.
A mesma água utilizada para resfriar o gás serve para abastecer as edificações.

Todo o sistema tem a capacidade de atender uma demanda total de 4 megawatts de potencia.
Para a entrega da quarta torre em dezembro, a usina está sendo dobrada de capacidade.

Fonte e Imagens: PiniWeb

Um comentário:

  1. Oi IOne!!! Obrigada pelo comentário do dia do amigo!!! Você também é minha amiga do coração!!!!
    Beijão!
    www.arquitrecos.com

    ResponderExcluir

Adoraria saber sua opinião a respeito.
Seu comentário será muito apreciado.

2leep.com