terça-feira, 13 de setembro de 2011

Torneiras e chuveiros economizadores

De acordo com o Instituto Socioambiental (ISA), cerca de 2,5 milhões de litros d’água são desperdiçados diariamente. As residências são as maiores “vilãs” do consumo doméstico no Brasil que é de 140 litros de água/pessoa/dia lançados ralo abaixo através de torneiras e chuveiros.

Uma torneira pingando representa 46 litros de água desperdiçada em um dia - quantidade suficiente para um banho sem pressa. Se às vezes parece que não podemos fazer nada a respeito, saiba que uma simples troca das torneiras velhas pelas novas torneiras economizadoras já significa uma ajuda e tanto para a economia global. Isso porque a indústria de metais vem aperfeiçoando, nos últimos anos, produtos e sistemas economizadores com foco no uso racional da água.

Arejadores, sensores eletrônicos, redutores, reguladores de vazão constante e fechamento automático são algumas fórmulas adotadas com sucesso, respondendo por reduções impactantes de consumo que ultrapassam a casa dos 70% em alguns casos. Veja aqui alguns tipos de torneira economizadoras.

Arejador convencional X Arejador econômico

Quanto aos chuveiros, a troca dos antigos modelos pelos que já utilizam sistemas economizadores como os arejadores se torna bem eficiente.

Uma empresa de Belo Horizonte, Rewatt patenteou um sistema genial que chamou de kit reciclador de energia que pode ser utilizado não só em residências mas também em academias e empresas. Basicamente o kit aproveita a energia térmica da água quente que cai do chuveiro e que iria se esvair pelo ralo, para esquentar a água que ainda está no cano. De acordo com o fabricante, pode reduzir em 30% o gasto com energia elétrica numa residência, podendo ser instalado sem precisar quebrar nenhuma parede, inclusive em sistemas de aquecimento solar ou a gás.

O sistema funciona tanto que a Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG adotou o Kit REWATT em seu Projeto de Eficiência Energética doando 7.000 unidades do aparelho em comunidades populares. Nos seus dois primeiros anos desse Projeto chamado de CONVIVER a empresa prevê a retirada de mais de 3,5 MW de demanda somente com a entrega e a instalação do Kit REWATT.



Funciona assim:

1. a água fria que vem da tubulação e é desviada por uma conexão;
2. ela passa pela serpentina e sobe para o chuveiro, que vai esquentar essa água;
3. a água já aquecida pelo chuveiro cai sobre a serpentina que fica embaixo do tapetinho de borracha, esquentando-a;
4. por transferência de energia térmica, a água que vem fria da tubulação aquece ao entrar em contato com a serpentina quente, demandando menos potência da resistência do chuveiro e economizando energia elétrica.

Maiores detalhes veja no site do fabricante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraria saber sua opinião a respeito.
Seu comentário será muito apreciado.

2leep.com